engate de mangueira 1

Empresas que levam a segurança do trabalho a sério vivem uma busca contínua por medidas de prevenção e controle de riscos. A ideia é reconhecer potenciais problemas futuros e evitá-los antes que realmente ocorram. Você segue esse princípio e atua em operações com ferramentas pneumáticas? Então, saiba que o engate de mangueira é um foco de acidente em potencial. Vamos entender o porquê.

O PROBLEMA: O engate de mangueira se solta por acidente

Sabemos que as mangueiras das ferramentas pneumáticas estão ligadas a sistemas de ar comprimido. Os engates são usados como ligações desconectáveis entre a mangueira e o equipamento. Assim, pode haver rompimento e o ar comprimido escapar com alta pressão, fazendo a mangueira ricochetear de maneira abrupta.

A força desse movimento não é intensa, mas preocupante: a terminação da mangueira, que é de metal, pode se chocar com alguma área sensível do operador, por exemplo olhos, nariz e mãos. Nesse caso, a lesão será inevitável e caracterizada como acidente de trabalho. É importante ressaltar que o tamanho da bitola do conector é proporcional à intensidade dos danos.

Por que isso acontece?

Esse incidente costuma acontecer quando os conectores estão em mau estado, geralmente por mau uso ou desgastados. Basicamente, o operador pode se movimentar com a ferramenta sem observar os limites da mangueira. Esse hábito vai torcendo o conector progressivamente e promovendo um desgaste prematuro, até que ocorrem a desconexão e o consequente escape.

A SOLUÇÃO: Como evitar esse tipo de acidente?

Existem duas formas de reduzir o risco de acidentes por desconexão de mangueiras:

  1. Uso de conectores articulados: como eles aceitam diferentes posições da ferramenta, a mangueira permanece na posição de trabalho ideal mesmo nas áreas de difícil acesso. É o caso do acessório Airflex, que permite reduzir o desgaste e o risco de desconexão acidental, além de reduzir a sensação de peso da ferramenta por diminuir o peso da mangueira.
  2. Uso de fusíveis de ar: é um acessório que pode ser acoplado à mangueira para impedir o efeito chicote. Com o Air Fuse, por exemplo, caso haja desconexão do sistema, o excesso de pressão vai acionar uma válvula dentro do dispositivo e garantir a interrupção do fluxo de ar. Assim, a mangueira apenas cai no chão, sem movimentos bruscos.

Tanto o Airflex quanto o Air Fuse são acessórios simples, de fácil instalação, e que podem prevenir grandes transtornos. Todo cuidado é pouco para preservar a integridade dos funcionários e evitar afastamentos, sempre buscando manter a produtividade e um histórico livre de processos trabalhistas.

chicago pneumatic ferramentas industriais expert tiago pultrini

Este artigo foi relevante para você?

Clique na estrela para avaliar

Média 1 / 5. Total de votos: 1

Não há votos! Seja o primeiro a avaliar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *